Nosso Immigration Adviser Steve Norrie publicou nesse mês na Revista MBA um artigo explicando tudo sobre a proposta de mudança nos direitos de trabalho quando se está no post-study work visa.

O governo da Nova Zelândia abriu uma pesquisa pública – acesse aqui, para saber a opinião da sociedade sobre as mudanças, que são:


  • Para cursos de nível superior ou abaixo do Nível 7 na lista de Qualificações da Nova Zelândia (por exemplo, diplomas ou certificados), um visto de trabalho de estudo aberto de um ano estará disponível APENAS se o aluno tiver estudado por pelo menos 2 anos.
  • Para o nível de bacharelado (nível 7) ou superior, um visto de trabalho de pós-estudo aberto de 3 anos estará disponível. Isso substituirá o atual visto de trabalho de estudo aberto de um ano seguido por um visto de trabalho assistido por empregador de 2 anos.
  • Parceiros e filhos dependentes de alunos que estudam um Nível 8 (diploma de pós-graduação) ou Nível 9 (Mestrado) da lista de Qualificações da Nova Zelândia terão direito a solicitar visto de trabalho em parceria ou visto de estudante nacional (isto é, sem taxas escolares internacionais) APENAS SE o curso de estudo estiver em uma área especificada na Lista de Escassez de Habilidades a Longo Prazo. Esta alteração elimina o direito de parceiros ou filhos dependentes de alunos que estudam no Nível 8 ou 9 para um curso em uma área não especificada na Lista de Escassez de Habilidades a Longo Prazo (ou seja, Negócios ou Direito) de solicitar um visto de trabalho em parceria ou um visto de estudante doméstico.

ATENÇÃO: A pesquisa será feita até às 5pm (horário da NZ) do dia 29 de junho de 2018.

Caso você já possua esse visto ou esteja cursando algum curso na Nova Zelândia, as mudanças não afetarão a sua trajetória de forma ruim.

“NORMALMENTE, AS ANTIGAS INSTRUÇÕES DE IMIGRAÇÃO DA NOVA ZELÂNDIA TENTAM SE CERTIFICAR DE QUE AS PESSOAS QUE JÁ COMEÇARAM EM UMA TRAJETÓRIA DE IMIGRAÇÃO (PATHWAY) NÃO FICARÃO EM DESVANTAGEM.
NÃO HAVERÁ ALTERAÇÃO EM NENHUM VISTO DE PARCERIA OU ESTUDANTE QUE SEUS FAMILIARES JÁ O POSSUAM.”
STEVEN NORRIE PARA REVISTA MBA.

A dica para quem está com os planos de vir para a Nova Zelândia para estudar em um mestrado ou pós-graduação, e a sua área de especialidade não está na Lista de Escassez de Habilidades a Longo Prazo, é de aplicação imediata, principalmente se a sua família tem a intenção de vir atrelada ao seu visto.

Dê um passo a frente no seu planejamento de vir para a Nova Zelândia, solicite a nossa consultoria exclusiva.